Últimas Notícias
recent

Tempo na Relação


Existe intervalo para o amor?
Nesses últimos dias eu fiquei me fazendo essa pergunta toda hora. E confesso que eu não tenho a resposta, ou posso até ter, e ela seria um 'não'. Não acho que o amor precisa de tempo para se pensar, não se tira férias da pessoa amada, não é igual escola que tem um intervalo, ou férias de final de ano.

O que seria isso? Seria um tempo para se pensar se gosta da pessoa com quem está? Ou poderia ser um tempo pra rever os seus conceitos de companheirismo? Conceito de amor? De sexo? De futuro?

São perguntas que não sei responder, acho que só Froud explicaria. Esses questionamentos é em relação a pessoa que vê de fora a relação e também poderia ser a pessoa que aceitou dar um tempo para quem a pediu.
Não sei se tem um momento certo pra pedir esse tempo, e quanto tempo vai durar, mas é certo que um lado vai sofrer. Na relação entre A e B, o A pediu esse tempo, por quê? Vamos pensar...

O 'A' está com muita coisa na cabeça, problemas familiar, muita coisa no serviço e/ou faculdade (dependendo qual for a área que atua). E está precisando de um tempo só seu, para pensar, para respirar, para não sentir com um carga há mais, que seria o B. Mas o A vai pensar em fazer o que? Focar na família e no serviço, e ver o que possa fazer para melhorar essas duas situações (ou mais). E deixar o B de lado, que, além de ser a companhia, poderia ajudar de alguma forma.

Analisando o lado do B.

O 'B' vai sofrer, isso é fato. O B gosta do A, e quer tentar ajudar, pois ele não serve só para beijos e amassos, mas, independente do tempo de relacionamento, o B quer ajudar de alguma forma. quer fazer com que essa carga que o A carrega seja nula quando estão juntos. Não quer ser mais um peso para o A. Pois para o B é isso uma relação, além de, fazer companhia, passar bons e maus momentos juntos, é tranquilizar a pessoa amada no momentos de aflição. Além do mais, o B pode pensar mil coisas, de ruins, pode pensar que o problema é consigo mesmo.

Em vista disso, dar um tempo na relação é bom para um e péssimo para o outro. O que resta para o B é esperar, e rezar para que o pior não aconteça.

Lendo um artigo na web sobre "Dar um tempo no relacionamento", do autor Luiz Antonio Schimanski publicado em 19/09/2008 percebi que esse tema dá muito pano pra manga, peço que leiam é muito interessante, basta clicar Aqui, ou no nome do artigo no começo deste parágrafo. É bem realista, e só espero que no meu o 'B' não perca as esperanças.
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.