Últimas Notícias
recent

Salve a sua vida, não dirija com álcool no sangue

Hoje em dia muito se fala em conscientizar os jovens em relação a misturar bebida alcoólica e direção. As leis estão mais severas, mas parece que isso não assusta quem dirige e acaba utilizando do álcool como um ‘amigo’ e no final acaba atrapalhando na direção, ao invés de ceder o volante a quem realmente é seu amigo de verdade.

O que é mais impressionante, em alguns casos, são pessoas adultas que cometem essa infração, que ao invés de dar o exemplo acabam fazendo igual ou pior do que os jovens ‘baladeiros de plantão’. Está certo que nem todos os jovens, que vão a balada é para beber, mas em geral são eles que provocam os piores acidentes. 


Mas não é só o caso da bebida que mata no trânsito, nas ruas e nas estradas, a falta de atenção e a não manutenção correta do carro ajuda ainda mais a aumentar as estatísticas de morte no trânsito.

O trânsito na Capital de Mato Grosso está se tornando cada vez mais caótico, até realizarem as obras da Copa 2014 (durante a duplicação das vias) vai ficar cada vez mais difícil de dirigir pelas ruas de Cuiabá e estradas matogrossenses. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), somente em Cuiabá, de 2010 a 2011, um aumento de 7% na aquisição de automóveis, no Estado foram 10% a mais. Além de motocicletas que é um dos veículos de transporte que vem aumentando também e quem não usa o capacete acaba levando a pior.

O que faz agravar ainda mais as mortes em acidentes de carro é o não uso do cinto de segurança. Somente em 2010, o Detran-MT registrou mais de 15 mil infrações do condutor e/ou passageiro não estarem com o cinto de segurança. Estudos mostram que esse equipamento é essencial para que as pessoas sobrevivam em um capotamento, por exemplo, o cinto não deixará que a pessoa ‘voa’ para fora do veículo.

Em relação a bebida, vemos inúmeras matérias em jornais impressões, rádio e televisão de acidentes em que o condutor ou o pedestre está alcoolizado e acaba sendo atropelado. O excesso de velocidade, acompanhado do álcool, é o principalmente motivo de acidentes, e isso acontece mais a noite, quando as pessoas saem, sem preocupação, acabam bebendo e assim arriscando a própria vida e das outras pessoas que não tem nada a ver com isso.

O governo, tentando evitar esses tipos de acidente, organizam nas principais avenidas das cidades do Brasil, a famosa Blitz da Lei Seca, quem se garante e sabe que realmente não bebeu faz o teste do bafômetro, mas em alguns casos as pessoas se negam a fazer o teste, tá certo que elas tem o direito de não fazer, mas quem não deve, não teme. Estando com a consciência tranquila, fará e sairá ileso dessa situação e acaba servindo de exemplo para outros condutores.

Um fato que é absurdo, ao meu ponto de visto, são alguns estabelecimentos que vendem bebida com álcool é avisar aos seus clientes que está tendo blitz em determinado local, ou também avisar quando a blitz acabou e que a pessoa pode beber mais, aumentando o lucro do estabelecimento e também aumentar o risco de acidente. Nas mídias sociais, uma ferramenta que seria para ajudar as pessoas, ajuda de forma inadequada, pois já teve casos que perfil avisarem onde há blitz da Lei Seca.

Recentemente foi aprovado um Projeto de Lei que amplia as provas de embriaguez, ou seja, além do teste do bafômetro podem ser usados testemunhas, exame clínico, imagens e vídeos para confirmar, ou não, a embriaguez do indivíduo. E para piorar quem for pego no teste de embriaguez sentirá a dor no bolso, antes do projeto ser aprovado, se o motorista for pego no teste do bafômetro ele teria que pagar R$ 957, 70, após a aprovação do projeto se for pego pagará R$ 1.915,40.

Todas essas medidas são para o motorista se conscientizar e não consumir bebida alcoólica e dirigir. Apesar de alguns jovens acha que isso nunca vai acontecer com ele, um dia acaba acontecendo e quem mais sofre nisso são os familiares e amigos. Há propagandas na televisão mostrando com isso se reflete na vida das pessoas queridas. Se há amigos de verdade, faça um rodízio de quem é o motorista de rodada, não ser imprudente salva vida, salva a sua vida e não destrói os seus sonhos.
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.