Últimas Notícias
recent

Série: Festas tradicionais em Mato Grosso - parte 2

Hoje a Série de reportagem sobre as festas tradicionais em cidades de Mato Grosso vai falar sobre Várzea Grande e Poconé, duas cidades que celebram as festas religiosas com muita devoção.

Bem pertinho de Cuiabá, do outro lado do rio, em Várzea Grande tem a tradicional festa do bairro Bonsucesso, que começa com a limpeza dos peixes que serão preparados e servidos na festa de São Pedro.

A festança comemora-se antes, logo no começo de julho, onde há shows artísticos, alvorada, procissão, missa, almoço e apresentações culturais. Mas somente no dia 29 de julho que tem a missa em homenagem ao padroeiro dos pescadores, São Pedro. Os devotos do santo fazem pedidos e agradecimentos a todas as bênçãos alcançadas.

Poconé

No interior do Estado, se destaca a cidade de Poconé, como uma da cidade que tem em seu roteiro cultural a tradicional Cavalhada de Poconé. Originária de Portugal chegou a Mato Grosso em 1769, quando o capitão general e terceiro governador da capital Luiz Pinto de Souza Coutinho, chegou a residir no Estado, na cidade de Poconé.

Tornou-se consagrada na cidade a partir dos anos 50, e conhecida regionalmente a partir de 1991, a Cavalhada ganhou destaque na tradição e cultura mato-grossense por se espelhar em torneios medievais acirrados em arenas europeias. Na história tem os cavalos e cavalheiros ricos em detalhes, ornamentados com enfeites de plumas, fitas e guizos. Posicionados, adentram na arena travando lutas ao som do instrumento de percussão.

A festa começa com a entrada do exército Mouro com roupas vermelhas e do exército Cristão de cor azul. E há toda uma encenação, do roubo da princesa, castelos queimados, batalhas e ao final com a declaração de paz do exército Mouro.
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.