Últimas Notícias
recent

Como as obras podem alterar a nossa rotina?

Nós vivemos em uma rotina, dormimos > trabalhamos > comemos > descansamos > trabalhamos > dormimos, e assim por diante, nos finais de semana algumas preferem descansar, outras sair para se divertir, mas ao final todos tem uma rotina. Quando isso é alterado todo o nosso organismo muda, coisas novas surgem e percebemos que a paisagem não é mais a mesma. 

Essas mudanças podem ser pequenas ou até mesmo enormes, como está acontecendo em Cuiabá por motivo da Copa do Mundo, a rotina das pessoas mudam principalmente a ordem de ir para o trabalho > casa > trabalho, o trânsito mudando e criando novas alternativas, pode até ser bom, pois acabamos descobrindo ‘becos’ por onde nunca pensamos em passar. 

 Com mais congestionamento acontecendo, o humor das pessoas mudam, o estresse toma conta da pessoa e acaba fazendo mal para ela mesma. Segundo especialistas, o estresse aumenta a pressão arterial, tendo como consequência a hipertensão que é prejudicial a nossa saúde. 

Para a psicóloga, Jemima Souza, com a rotina alterada e todo esse estresse no trânsito prejudica emocionalmente as pessoas, alterar-se e tentar resolver as coisas com a cabeça quente, não vai levar a uma melhora. “Cabe a nós, como cidadãos, nos conscientizar de que a situação está bastante tumultuada por isso agir com paciência, a prática regular de exercícios é muito recomendada para diminuição do cansaço mental, uma simples caminhada ou corrida já ajuda a diminuir o impacto do estresse potencializado pelas obras”, ressalta. 

Ela ainda alerta que ouvir música pode distrair a cabeça e se livrar um pouco do estresse. “Ouvir músicas que agradem, são algumas das dicas para manter a sanidade no meio dessa loucura de obras em Cuiabá. Informar-se sobre as rotas alternativas. Acredito que conscientização e equilíbrio sejam as palavras chaves nesse período conturbado que estamos vivenciando”. 

Apesar de tudo isso, ao final das obras e o trânsito voltando a ter um fluxo bem melhor do que era antes das obras, a paisagem fica mais agradável de olhar. Novos prédios mudando o cartão postal da cidade, arquitetura moderna, essa é uma das visões do arquiteto Carlos Oseko. 

“Com uma ótica arquitetônica, pode se dizer que Cuiabá é muito privilegiada, pois com a concretização de grande parte dos projetos atualmente, há talvez essa, uma única oportunidade para um upgrade de executarmos bons planejamentos urbanísticos e ideias “arcaicas” ótimas de grandes arquitetos e urbanistas como José Lemos, Ademar Poppi e Rafael Detone”. 

Ele ainda ressalta que será uma mudança para melhorar a vida das pessoas. “Cuiabá será outra, tanto em sua estrutura como no seu visual, lugares como áreas ociosas, centro histórico, praças mortas, entre outras áreas de lazer terão suas reais vocações, de entreter e divertir a população. O salto de desenvolvimento que Cuiabá vive pode ser aproveitada ao máximo todas as suas potencialidades positivas. Revitalização física e consequentemente humana”. 
Não podemos mudar nada, se não for para melhor, e sempre há dificuldades, obstáculos, mas o fim sempre é recompensador.
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.