Últimas Notícias
recent

O Pinto Viu: Homem de Ferro 3

Sensacional! É assim que começamos hoje.

O HOMEM DE FERRO 3 (Disney e Paramount) é um dos melhores, senão o melhor, filmes que saíram sobre personagens da Marvel.

O filme é repleto de ação do início ao fim, não deixando de lado o humor, sempre presente nos filmes da Marvel, principalmente nos do Homem de Ferro.

O ator Robert Downey Jr (Tony Stark), que machucou o tornozelo em uma das gravações, teve mais uma atuação fantástica.

Neste filme, o herói tem que combater dois novos problemas: o primeiro deles é seu problema com ansiedade e medo de fracassar, problema que surgiu após o ataque dos chitauri (alienígenas que têm habilidades de copiar a forma humana e adquirir seus conhecimentos) à Nova Iorque.

Seu outro problema é o vilão do filme: Mandarin. Este tenta destruir não somente o Homem de Ferro como também sua namorada, Pepper Potts (Gwyneth Paltrow).

Como era de se esperar do Homem de Ferro, ele assume os riscos e “convida” seu inimigo até sua casa quando fala seu verdadeiro endereço para todos em uma entrevista.

Mandarin manda executar um ataque em massa à casa do herói, deixando-a quase completamente destruída.



A partir daí o Homem de Ferro tem que lutar com a única armadura que lhe restou. Um protótipo que ele ainda estava aperfeiçoando, com recursos limitados até o momento. Ele conhece um garoto que lhe ajuda a superar

parcialmente sua ansiedade e faz com que ele tenha forças para retomar a lutar contra seu inimigo.

As lutas entre o Homem de Ferro e o Patriota de Ferro (antigo War Machine) contra os “capangas” do Mandarin são a degustação que precede o embate entre o Homem de Ferro e o verdadeiro Mandarin.

O filme termina com uma frase muito bacana dita por Tony Stark: “Eles podem tirar meus equipamentos e meus brinquedos, mas uma coisa eles não podem tirar de mim: Eu sou o Homem de Ferro”. Recomendo assistir o filme até o final dos créditos e, por favor, em 3D (já que não chegou o sistema 4DX em todo o Brasil, né?).

Em resumo:

O que teve de bom: efeitos especiais, o enredo, diversidade de emoções, Robert Downey Jr.

O que teve de ruim: ausência do personagem Nick Fury vivido por Samuel L. Jackson.

Minha nota para o filme: 9.5

Veja o trailer aqui: http://goo.gl/1jU8R
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.