13 de maio de 2013

Refrigerantes do Brasil que o Brasil não conhece

Sempre que viajo pelo Brasil, fico impressionada com a quantidade de refrigerantes regionais que existem. Alguns herdados de outros continentes, como os com sabores maçã e laranja, outros nativos, caso do guaraná, muitos criados na primeira metade do século XX. Tenho vontade de provar todos, mas é difícil. Segundo a Afrebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil), há 238 empresas totalmente nacionais no ramo, várias com mais de um produto – é muita coisa!



O refrigerante desse tipo mais famoso é, provavelmente, o guaraná Jesus. Típico do Maranhão, o “sonho cor de rosa”, como é chamado pelos locais por conta do líquido de tom rosado, foi criado em 1927, em São Luís, pelo farmacêutico Jesus Norberto Gomes, e virou um dos símbolos culturais do Estado. A novidade, na época, casou frisson com sua fórmula secreta composta, segundo a lenda, por 17 ingredientes – entre eles cravo e canela. Em 2001, a marca foi comprada pelo grupo Coca-Cola, ganhou novo visual e a versão latinha. Concorre com ele o também maranhese Guaraná Psiu.



Ainda no Nordeste, no agreste de Pernambuco, a charmosa cidade de Garanhuns abriga a fábrica dos refrigerantes Jatobá, que faz os rótulos Jurubeba Jatobá e Gengibre Jatobá.


Na parte de cima do País, em Manaus, há também o guaraná Tuchaua, do Grupo Simões.



No Mato Grosso e no Centro-Oeste em geral faz a festa o Guaraná Açaí, da Refrigerantes Marajá.



Em São Paulo, o Don Guaraná Maçã, de Ribeirão Preto, costuma agradar. Outro paulistano tradicional é o Esportivo, refrigerante que nasceu em 1948, produzido em vários sabores como guaraná, uva, laranja, maçã e gengibre.

Quando fui à cidade serrana de Gonçalves, em Minas Gerais, descobri um guaraná local de nome muito divertido, o Jota Efe. Ele lembra uma tradicional bebida gasosa de tutti-frutti, a Tubaína, criada no começo do século XX – que, aliás, fez parte da minha infância. Muitas marcas que pegaram carona na fama da marca Turbaína, da empresa Ferráspari. O sucesso foi tanto que o termo “tubaína” (sem o "r") virou sinônimo de refrigerante popular.


Os mineiros gostam muito também do Mate Couro Tradicional, bebida que leva, entre outros ingredientes, extratos vegetais de erva mate, de guaraná e a planta nativa chapéu de couro (muito usada para fins fitoterápicos). Também das Minas Gerais, mas logo transferido para Niterói, o Mineirinho tem fórmula parecida. Hoje, é refrigerante típico do público fluminense.



Descendo mais um pouco, chegamos ao Paraná. Ali, existe o Gengibirra, da marca Cini, feito com gengibre. Os catarinenses, porém, têm outro refrigerante de infância: o Laranjinha Água da Serra.



Na pontinha do País, em Lajeado, Rio Grande do Sul, desde 1971 a Fruki produz seu próprio guaraná. A bebida ficou conhecida no mundo quando o jogador de futebol inglês David Beckham saiu de um restaurante brasileiro, na Califórnia, com uma garrafa dessa na mão. Outro refrigerante muito popular no Estado, de 1906, é o Cyrillinha, guaraná de Santa Maria. Ainda na Serra Gaúcha, a vinícola Garibaldi lançou os refrigerantes Gotas de Cristal Festa nos sabores uva branca e uva rosada, cuja embalagem lembra uma garrafinha de espumante. Boa opção frisante, sem álcool, para uma balada.


Viram quanta coisa a gente não conhece? E querem uma dica? Sempre que encontrarem algum refrigerante desses por aí, não hesitem em prová-lo. Muitos deles não saem dos limites de suas cidades de origem -- o que lhes conferem charme ainda maior.

Fonte: iG

Qual vocês já tomaram?

Se gostou do Post, clique nas publicidades, obrigado!

55 comentários:

Yanne Ramalho disse...

Faltou Cajuína São Geraldo do ceará!! que é show

Kaauana disse...

faltou a pureza de santa catarina, viva leonardo sell kkkk

Anônimo disse...

Fabiane no Paraná... Conquista em Sampa... Vedete em Sampa... esses dois primeiros são gostosos, bem estilo tubaína mesmo... agora, Vedete é pior que Dolly! :p

Christian disse...

guarana jesus é conhecido em varios estados...

Anônimo disse...

O tuchaua é otimo, e faltou o guarana xingu.

Coisa Que Acontece disse...

Obrigado pela dica pessoal... Esta matéria eu vi em um site, vou pesquisar mais sobre esses que vocês citaram e escrever outra. Obrigado por participarem.

Anônimo disse...

falto o Aruba de MG.

Anônimo disse...

Mate Couro é mto bom msm, o sabor é bem parecido ao mineirinho, apesar da coloração diferente...

thiagoce disse...

Pois é. Faltou a Cajuína São Geraldo do Juazeiro do Norte, que inclusive acaba de lançar a versão em lata do refrigerante.

http://www.saogeraldo.ind.br/homesite/

Valeu.

Anônimo disse...

tem tb o moranguito de macae, rj.

Andre Gomes disse...

Guarana Mineiro em Goias e Minas.


Muito bom ... Acho que voce pode fazer uma lista 2.0 ja que apareceu um monte de novos produtos!!!

Anônimo disse...

conheci o Abacatinho, feito em Ubá-MG
Segue a imagem....
http://colunistas.ig.com.br/curioso/files/2009/10/Abacatinho.jpg

Vinicius Matsunaga Sanches disse...

Faltou: Garms, Bolinha, Funada, Paulistinha, Vencetex, São José, Noroeste, Arco Iris ... e por ai vai.

Anônimo disse...

Mate couro e tuchaua são uma delícia... o Jesus eu achei horrível

Anônimo disse...

O de Gengibirra é sensacional, muito bom mesmo.

Anônimo disse...

Faltou guaraná Bellpar que fica na cidade de Conchas - SP.

Clark W. Griswold disse...

De todos, o único que já bebi foi o Mate-Couro. Muito bom! Pessoal que vier para a região central de Minas, BH e região metropolitana, pode experimentar.

Anônimo disse...

Tem ainda o Cristal do interior de Minas. É um refrigerante de abacaxi delicioso!

william haddad disse...

interessante pena não ter um local para concentrar todas esta marcas e qualidade, para podermos exprimentar pois sei que são produtos regionais. boa postagem

Anônimo disse...

Que beleza de reportagem. Quando viajo sempre procuro nas prateleiras algo diferente. Conheço o Jesus (kk), o Mate Couro, o Tuchaua (que tem aqui em minha região, Acre kk) e alguns outros que sempre aparecem em propagandas. Faltou também o pouco conhecido, porém, bastante popular aqui do Acre, o refrigerante da Antarctica chamado "Baré", e também conheço outro que não foi listado que o "Coroa", se não me engano este é da Paraiba.

Anônimo disse...

Que beleza de reportagem. Quando viajo sempre procuro nas prateleiras algo diferente. Conheço o Jesus (kk), o Mate Couro, o Tuchaua (que tem aqui em minha região, Acre kk) e alguns outros que sempre aparecem em propagandas. Faltou também o pouco conhecido, porém, bastante popular aqui do Acre, o refrigerante da Antarctica chamado "Baré" e também conheço outro que não foi listado que é o "Coroa", se não me engano este é da Paraiba

Anônimo disse...

'Pon Chic' de Divinópolis/MG...

Anônimo disse...

Guarapan de Belo Horizonte, com história semelhante a do Jesus, pois também é produzido pela Coca-Cola atualmente.

Renata Thais disse...

faltou cajuína e delrio , do ceará

Mine disse...

Além do tuchaua temos o baré.

Mine disse...

Além do tuchaua temos o baré.

Alberto Floril disse...

Faltou o famosíssimo refrigerante Pernambucano FREVO.
Eles ainda possuem água, refresco em pó, cerveja e chopp!! Sensacional

Idel disse...

Faltou mesmo a cajuína são geraldo, do cearaá, de longe o melhor refrigerante já criado! Ganha facil de qualquer coca-cola(não sou cearense!)

Léo Magalhães disse...

Garanto a vocês que a Guaraná Fruki é o melhor guaraná do Brasil! Sempre apreciava mto o guarána Antarctica, mas a Fruki de uns anos pra cá, tomou conta! Quando tiverem a oportunidade experimentem, não irão se arrepender!

Anônimo disse...

faltou o refrigerante HIP HOP do parana hahahahah

Anônimo disse...

Em Rondônia tem refrigerantes da marca Dydyo. O sabor diferente dele é Framboesa. Muito bom por sinal.

natan disse...

Gold Scrin de CIANORTE - PR, muito bom apesar de nao ser muito conhecido fora da regiao!

jkrainha disse...

Aqui no noroeste do RS tem um refrigerante de Uva, muito parecido com a fanta uva, a GRAPETE! Lembro ate da propaganda que dava na tv muitos anos atras, "Quem bebe grapete repete"!

Coisa Que Acontece disse...

Obrigado pela participação de todos, vou pesquisar bastante para poder escrever uma matéria com essas outras marcas de refrigerantes que vocês estão citando. Fiquem ligados no Blog CQA.

Williamz disse...

Tem o Xamego tbm

Jan Mozol disse...

Existe dois refrigerantes da cidade de Rio das Pedras-SP muito antigos que tem o nome de Gengibirra e Itubaína , o primeiro é homenagem ao Gengibre e o segundo à cidade de Itú.
O fundador dafábrica de bebidas era um senhor italiano,Sr. Limongi.
Acredito que seja bem mais antiga que a outra Gengibirra.

Jan Mozol disse...

Complementando : Gengibirra CINI-datada da década de 40 (fonte Wikipédia)
Gengibirra Limongi Início de produção em 1920-Fonte O Riopedrense de 13 de julho de 2009.

Anônimo disse...

Muito bom o post. Também gosto de experimentar refrigerantes regionais. Em São Luís o guaraná Jesus é mais consumido do que Coca-cola! Em minha região, Araguaína-To também tem o refrigerante Maná!

Bruno Silva

Anônimo disse...

Faltou o Goianinho de Goiás!

Anônimo disse...

falta inventarem um de pimenta, para os baianos.

Anônimo disse...

Tem o Baré do Acre, e o energético QuinaPower do Quinarí também do Acre :) Sim, eu sou do Acre kkk

stanley disse...

Faltou o guarana BARE feito pela ambev em manaus vende muito mais que o tuchaua

Anônimo disse...

Faltou a Pureza de SC

Anônimo disse...

Aaaah, faltou o melhor! Abacatinho, um refrigerante de Abacate que só encontrei até hoje na cidade de Ubá-MG, e por incrível que pareça, uma delíícia! =)

Anônimo disse...

Aqui no Pará tem a Fly Refrigerantes, o Fly Cola é o melhor refrigerante de cola depois da coca-cola. O Fly Uva e Fly Guarana também são ótimos. Tem também o Guaraná Garoto, que é muito bom.

Ivo disse...

eu li os dois posts e tem duas marcas de refri que eu já tomei e acredito que tem pouca gente que conheça:
um deles é o guaraná alterosa que tinha aqui em Minas
o outro deles são os refrigerantes que a Skol fazia, tinha o guaraná e a soda limonada....

Anônimo disse...

Tem o mate cola da regiao de teofilo Otoni mg. Meio parecido com o mate couro tbm de mg

Luiz Reis disse...

Faltou o Moranguito de Macaé e Região Norte do Rio.Tem gosto de kisuco de morango com gás mas o pessoal de lá adora kkkkkk

Leandro disse...

Em Minas também tem o Abacatinho!! Refrigerante de abacate!!! Muito bom!! Mais conhecido na zona da mata mineira!!!

Anônimo disse...

Já tomei Jesus!!! kkk

Anônimo disse...

Temos também o refrigerantes Avaì e os refrigerantes Samba aqui no interior da paraíba, que é tambem muito gostoso.

Anônimo disse...

Em Rondônia o refrigerante de maior sucesso e que vende inclusive mais do que a Coca Cola é o dydyo. #euquerodydyo

xandresantos disse...

Refrigerantes MOGI maça , abacaxi , laranja , cola e soda muito bom de Mogi Guaçu -SP Região de Campinas -SP

xandresantos disse...

Refrigerantes MOGI maça , abacaxi , laranja , cola e soda muito bom de Mogi Guaçu -SP Região de Campinas -SP

Iolanda Paz Marques disse...

Em Vera Cruz-RS
existe o refrigerante de pomelo e o famoso ABACATE CELINA