Últimas Notícias
recent

Laura Pausini celebra 20 anos de carreira

Os brasileiros estão acostumados a ver Laura Pausini por aqui desde a segunda metade da década de 90, quando a cantora, ainda em seus vinte e poucos anos, frequentava os programas de auditório de grande audiência na TV aberta. Os anos passaram e sua presença no país permaneceu constante -- a mais recente aparição dela por aqui, por exemplo, foi no final de outubro.


Agora, mãe de Paola (de quase um ano de idade) e prestes a completar 40 anos, a italiana retorna ao país com turnê que celebra suas duas décadas de carreira -- sustentada sobretudo por hits como "La Solitudine", "Strani Amori" e "Se Fué". Em 2013 ela lançou a coletânea "20 - The Greatest Hits", que tem participação de Ivete Sangalo, e chega em São Paulo para dois shows em 19 e 20 de fevereiro.

"Como eu me sinto sabendo que vou fazer 40 anos? Aaaaaaaaaaaah", ela grita e em seguida cai na gargalhada durante curta entrevista ao UOL, por telefone. Bastante simpática, Laura conversa em português com a reportagem e pede desculpas em casos de possíveis erros. "Eu falo sua língua com todo o meu amor porque tenho uma relação muito forte com o Brasil e me sinto muito em casa quando estou aí", diz. "Até dizem que eu devo ter sido brasileira em vidas passadas. Gosto de pensar que sou uma italiana com muitas influências latino-americanas."

Tendo também gravado materiais tanto em língua italiana quanto em espanhol, em português e em francês, Laura conta que, embora tenha sempre interesse em direcionar suas canções a tais públicos, nunca toma a questão da linguagem como mote na hora de trabalhar em suas composições (ou de selecionar algum material fornecido por outro artista).

"Quando escrevo, faço isso muito instintivamente. Só depois penso em qual música gostaria de regravar em determinada língua. Às vezes minha gravadora diz para não fazer uma coisa ou outra, mas faço de qualquer jeito. Sou taurina 'nós... muito cabeçudos' [risos]", diz ela, graciosamente.

Outra coisa que Laura afirma amar no Brasil são seus fãs. Ela relembra que, certa vez, estava no aeroporto prestes a embarcar de volta para a Itália após uma turnê por aqui, e notou que entre suas malas estava uma que ela não conhecia. "Eu tenho uma assistente que me ajuda nessas viagens, mas quando olhei para todas as nossas malas, uma me chamou a atenção especialmente porque se mexia", conta.

Intrigada, resolveu abrir e se deparou com um fã, que saiu de lá de dentro dizendo que ela era tudo na vida dele. O plano havia dado certo até então porque um amigo do garoto o ajudou na tarefa e deu um jeito de colocar a amigo-mala junto às da equipe de Laura. "Acabei caindo na risada", conta a cantora. "Eu amo meus fãs, eles são muito loucos [risos]."

Muito amiga de Hebe Camargo (morta em setembro de 2012, após longa luta contra câncer), a cantora diz sentir a perda até hoje e afirma ter um carinho eterno pela apresentadora que a ajudou na propagação de sua música no país. No recentemente lançado clipe de "Viveme", que gravou em Madrid junto ao cantor Alejandro Sanz, ela quis homenagear sua "mãe brasileira" usando uma sandália de ouro que Hebe lhe deu de presente em 2009.

"'Vivimi' era uma canção que ela adorava e eu guardei a sandália para usá-la em um momento especial", afirma. Registrada originalmente em italiano, "Vivimi" integra o repertório do álbum "Resta in Ascolto" (2004), e ganhou versão em espanhol para o lançamento de "20 - The Greatest Hits".

FONTE: Uol
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.