Últimas Notícias
recent

Vinte coisas que aconteceram pela primeira vez em 2015

Uma sequência de eventos e tendências surpreendentes, sérios e até meio bobos registrados pela primeira vez em 2015.

A primeira bispa da Igreja Anglicana


Embora as monarcas mantenham o título de Governadoras Supremas da Igreja Anglicana desde os tempos de Elizabeth 1ª, foi só este ano que a reverenda Libby Lane se tornou a primeira líder da religião. Sua consagração, em janeiro, como bispa de Stockport, no noroeste da Inglaterra, aconteceu em meio à polêmica entre as facções liberal e conservadora da fé que reúne 85 milhões de pessoas ao redor do mundo.

O momento transgênero na cultura


Mais do que nunca, os transexuais estão na consciência popular –e receberam tratamento presidencial, com Barack Obama pedindo direitos iguais e respeito para a comunidade LGBT em seu discurso sobre o Estado da União, usando a palavra "transgênero" nesse tipo de mensagem pela primeira vez na história. Caitlyn Jenner, antes conhecida como Bruce Jenner, atleta norte-americano aposentado que venceu o decatlon nas Olimpíadas de 1976, está registrando na TV sua transformação de pai infeliz a defensora pioneira e glamurosa dos direitos trans. A atriz Laverne Cox, famosa por seu papel na série do Netflix "Orange Is the New Black", é a primeira pessoa abertamente transexual a ganhar uma estátua de cera no Madame Tussaud's. E Andreja Pejic é a primeira modelo trans a se tornar o rosto de uma grande marca de cosméticos ao fechar um contrato com a Make Up For Ever.

Guarde o "pau de selfie"


Mais e mais os museus mundo afora estão pedindo aos visitantes que evitem usar o "pau de selfie" dentro de suas dependências. O Museu Metropolitano de Arte de Nova York, entre outros, proibiu o acessório em fevereiro, alegando que os mais descuidados poderiam danificar peças preciosas e ameaçar a segurança. Até a Apple entrou na onda, pedindo aos participantes de sua Conferência Mundial de Desenvolvedores, em junho, que deixassem a extensão no quarto do hotel –e a Disney decidiu ampliar a proibição a todas as áreas de seus parques depois que membros do público desrespeitaram a regra vigente que o limitava aos brinquedos.

Um embrião, três pessoas


Apesar dos críticos denunciarem a eventualidade de "bebês perfeitos", a Grã-Bretanha se tornou o primeiro país a aprovar a terapia de substituição mitocondrial. Em fevereiro, o Parlamento britânico ratificou o procedimento que permite que embriões sejam criados a partir do DNA de três pessoas –da mãe, do pai e de uma doadora com DNA mitocondrial saudável– para prevenir a transmissão de doenças incuráveis transmitidas pela linhagem materna. A novidade permitirá às mulheres com histórico de doenças mitocondriais na família terem filhos biologicamente sãos. As clínicas do país podem começar a se registrar para obter a licença ainda este ano, o que significa que um bebê gerado por meio dessa terapia de fertilização in vitro pode nascer no ano que vem.

Natureza dupla


Em março, cientistas da École Polytechnique Fédérale de Lausanne, na Suíça, capturaram a primeira imagem da luz como partícula e como onda. Embora experimentos anteriores tenham mostrado que ela pode agir de ambas as formas, nunca antes os dois comportamentos tinham sido registrados simultaneamente. O teste pode ajudar os cientistas a fazer novas descobertas no campo da Computação Quântica.

Rainha da beleza inesperada


Com uma decisão que encantou alguns, escandalizou outros e surpreendeu a maioria, uma mulher birracial – ou "haafu" – foi eleita Miss Japão pela primeira vez. A vitória de Ariana, em março, foi uma raridade em um país etnicamente homogêneo. Filha de pai afro-americano e mãe japonesa, ela nasceu e foi criada no Japão, onde os mestiços são raros e os meio-negros, mais ainda. Os críticos questionaram se a beldade era "japonesa o bastante" para representar a nação no concurso Miss Universo, mas a moça ignorou a todos, afirmando que quer usar o título para promover maior tolerância e aceitação da miscigenação em sua terra natal.

Conectados em Cuba


Os cubanos sentiram o gostinho da internet móvel depois que o famoso artista Alexis Leiva Machado, mais conhecido como "Kcho", criou o primeiro ponto público de Wi-Fi da ilha, em seu estúdio e centro cultural de Havana. A maioria da população do país não tem acesso regular à rede, e os que se dão ao luxo de possuir um smartphone não podem usá-lo para se conectar à internet. Cuba pretende oferecer a seus cidadãos uma infraestrutura de comunicações melhor,incluindo o estabelecimento de 35 hotspots em parques, avenidas e outros espaços públicos. O serviço não é gratuito; os usuários têm que se registrar na companhia de telefonia estatal e pagar US$ 2/hora –preço considerável quando se considera que a renda média nacional é de US$ 20/mês.

Protesto projetado


Uma marcha virtual se tornou uma realidade política quando hologramas –com direito a palavras de ordem e faixas– protestaram contra a chamada "lei da mordaça" em Madri. A primeira manifestação do tipo ocorreu em frente ao Parlamento espanhol, em abril, como resposta à Lei da Segurança dos Cidadãos, que prevê multas pesadas para reuniões sem autorização e proíbe fotos e vídeos de policiais, entre outras coisas que, segundo os críticos, ferem os princípios democráticos. A organização observou que, sob a nova legislação, suas versões virtuais têm mais direitos. Apesar de todas as reclamações –virtuais e reais– a lei foi sancionada em julho.

Façanha em pleno ar


Um drone de teste foi reabastecido em pleno voo pela primeira vez, marcando uma conquista importante para os voos autônomos não tripulados. O X-47B recebeu mais de 2.200 litros de combustível pelo drogue de um avião-tanque no litoral de Maryland e Virginia, leste dos EUA, em abril. Apelidada de "Salty Dog 502", a aeronave é uma das duas criadas pela Northrop Grumman para os testes da Marinha norte-americana. De acordo com os registros, porém, o primeiro reabastecimento em pleno ar pode ser também o último, já que a organização concentrou sua atenção no desenvolvimento de outra classe de veículo aéreo não-tripulado.

Não muito, muito distante


A Força estará com você –tão rápido quanto conseguir baixá-la. Para delírio dos fãs mais dedicados, os filmes de "Guerra nas Estrelas" agora podem ser acessados digitalmente –em sincronia Jedi para aguçar o apetite do público pelo sétimo episódio da franquia, "Star Wars: O Despertar da Força", previsto para estrear em dezembro. Em junho, fãs novos e antigos puderam conferir os seis filmes da série, que pela primeira vez foi exibida na China, no Festival Internacional de Xangai, quase 40 anos depois que o primeiro episódio da trilogia original ter sido lançado. Até então, eles só eram disponíveis no país através de cópias pirateadas e downloads ilegais.

Um café do outro mundo


A primeira italiana no espaço se tornou também a primeira barista na Estação Espacial Internacional, em maio, preparando uma xícara do melhor café italiano em uma máquina de 25 kg que levou quase dois anos para ficar pronta. Samantha Cristoforetti, engenheira e piloto da Força Aérea italiana de 38 anos, tomou o primeiro gole da bebida em uma xícara especial que permite sorver o líquido em condições de microgravidade muito parecidas com as da Terra. A ISSpresso, como é chamada, também prepara chá e consommé.

Um líder negro pela primeira vez


O principal partido de oposição da África do Sul elegeu, pela primeira vez, um líder negro: Mmusi Maimane, 35, sinalizando novos rumos para a Aliança Democrática, que há tempos luta contra a ideia de que representa apenas os interesses dos sul-africanos brancos. Com a nomeação, em maio, a esperança é atrair o apoio de mais eleitores negros e tentar tirar o poder do Congresso Nacional Africano, que domina o cenário político do país desde o fim do apartheid, em 1994.

Uma semana de US$ 1 bilhão


A Christie's teve uma semana para lá de boa, vendendo mais de US$ 1 bilhão em arte em três dias, a partir de 11 de maio. Entre os destaques, "Les Femmes d'Alger (Version 'O')", de Pablo Picasso que, a US$ 179,4 milhões, se tornou a obra mais cara já vendida em leilão, e "Nº 10", de Mark Rothko, por US$ 81,9 milhões. De acordo com os especialistas da área, os ultrarricos estão preferindo comprar obras renomadas, tanto como investimento como símbolo de status.

Sabedoria materna


Mantendo a tradição, uma mãe indiana publicou um anúncio à procura de um noivo (indispensável amar animais e ser vegetariano); acontece que era para o filho. O classificado, publicado em maio, é inédito na Índia, onde as relações entre pessoas de mesmo sexo são ilegais. De fato, três jornais se recusaram até a reproduzir a mensagem da mãe do ativista Harish Iyer, 36, antes que um tabloide popular concordasse em fazê-lo. Iyer acabou convidando o primeiro homem a responder o anúncio para conhecer sua família e começar o tradicional –mas nem tanto– processo de "namoro".

Vitória para o casamento gay


Em maio, a Irlanda se tornou o primeiro país a aprovar o casamento de pessoas do mesmo sexo, através de um referendo, e com uma vitória decisiva: 62% a favor. O resultado forçou a mudança da constituição para permitir a união de duas pessoas "sem distinção de sexo", que podem começar a acontecer em outubro. A homossexualidade foi considerada um crime no país, extremamente religioso, até 1993, mas a posição em relação à comunidade LGBT foi suavizando nos últimos anos. O momento continuou favorável para o movimento gay do outro lado do Atlântico, em junho, com a decisão tomada pela Suprema Corte dos EUA, por cinco votos a quatro, decidindo que a união homoafetiva é um direito previsto na constituição, sendo, portanto, um direito nacional.

Que comecem os Jogos Europeus


A campeã suíça de mountain bike, Jolanda Neff, pedalou para garantir o lugar mais alto no pódio, tornando-se a primeira medalhista de ouro nos Jogos Europeus inaugurais, realizados em Baku, no Azerbaijão, de 12-28 de junho. Nino Schurter, seu compatriota, garantiu o primeiro lugar na categoria masculina. Cerca de seis mil atletas de mais de 50 países participaram da competição, organizada pelo Comitê Olímpico Europeu, que acontecerá a cada quatro anos a partir de agora.

Sucesso esmagador


A superprodução "Jurassic World" faturou US$ 511,8 milhões no mundo inteiro, em junho, tornando-se assim o primeiro filme a superar a marca dos US$ 500 milhões na estreia. O quarto episódio da franquia "Jurassic Park" faz parte da série de sequências lucrativas, que inclui também "Os Vingadores" e "Velozes e Furiosos", mesmo que não sejam exatamente sucesso de crítica.

Um grande salto da Índia


Embora tenha sido uma das últimas, a escolha de Satnam Singh Bhamara pelo time de basquete Dallas Mavericks, em junho, estimulou a curiosidade local e garantiu ao atleta status de celebridade no vilarejo onde nasceu, em Punjab, na Índia –e fez dele o primeiro jogador nascido na Índia a participar do draft da NBA. Com 2,18 m, Satnam Singh, 19, é apenas alguns centímetros mais alto que o pai que, sabiamente, o encorajou a se dedicar a um esporte que, em sua terra natal, não é tão popular quanto o críquete, o futebol ou o hóquei. Dois meses antes, o canadense de 22 anos Sim Bhullar se tornou o primeiro atleta descendente de indianos a participar de um jogo da NBA.

Reconhecimento papal da Palestina


Após 15 anos de negociações, em 26 de junho o Vaticano assinou um tratado com "o Estado da Palestina", irritando assim as autoridades israelenses que alegam que isso só ameaça o processo de paz. Extraoficialmente, o Vaticano se refere à Palestina como Estado desde que a ONU (Organização das Nações Unidas) lhe garantiu o status de observador não-membro, em 2012, mas essa foi a primeira vez que a Santa Sé assinou um acordo a respeito das atividades e interesses da Igreja nas áreas da Terra Santa controladas pelos palestinos.

Olá, Plutão


Nove anos após ser lançada e percorrer quase 5 bilhões de quilômetros, em julho a New Horizons deu aos terráqueos o privilégio do primeiro olhar detalhado ao planeta anão solitário, situado nos limites no nosso Sistema Solar, marcando a primeira missão espacial a explorar o astro e suas cinco luas conhecidas. A sonda –que levou a bordo as cinzas do falecido Clyde Tombaugh, descobridor do objeto celestial, em 1930– tirou fotos de Plutão e sua lua maior, Charon, antes de rumar para o Cinturão de Kuiper. Os dados enviados pelo equipamento para a Terra já desafia o que os cientistas achavam que sabiam sobre o astro e suas cercanias.

E o que está por vir?

O primeiro transplante de cabeça do mundo


Um neurocirurgião italiano anunciou, em junho, planos de fazer o primeiro transplante de cabeça do mundo. A operação, marcada para 2017, exigirá cem profissionais e pode custar até US$ 15 milhões. Sergio Canavero tem a intenção de fazer o transplante em Valery Spiridinov, um russo de 30 anos que sofre da doença de Werdnig-Hoffman, um tipo de atrofia muscular. Os especialistas, porém, não acreditam que o médico até lá tenha tempo ou mesmo a tecnologia para realizar os testes em animais que devem preceder quaisquer tentativas em humanos.

Um rosto feminino digno de nota


Atendendo aos pedidos para maior igualdade entre os sexos no dinheiro norte-americano, o Tesouro dos EUA anunciou que a nova nota de US$ 10 terá o rosto de uma mulher. Embora só entre em circulação em 2020, a decisão de eternizar uma figura feminina deve acontecer ainda este ano. As autoridades afirmam que haverá a participação popular na escolha. Será a primeira vez na nota de dez, mas outras mulheres já apareceram no dólar norte-americano antes: os traços de Martha Washington estamparam as costas da nota de US$ 1 no final do século 19.

Uma primeira vez para Madonna


A Rainha do Pop se apresentará nas Filipinas pela primeira vez, em fevereiro de 2016, como parte de sua turnê Rebel Heart. E, fiel ao lema da Material Girl, os ingressos mais baratos serão vendidos a 3.150 pesos, chegando a 57.750 pesos (aproximadamente US$ 1.250) no setor VIP, mais caros do que o equivalente em outros países –mas isso não diminui o entusiasmo dos fãs mais ardorosos. A procura era tamanha que uma nova data teve que ser aberta.

Novidade presidencial em Taiwan


Tudo indica que Taiwan elegerá sua primeira presidente mulher no ano que vem. Em julho, o partido da situação, Kuomintang, divulgou seu apoio à vice-presidente do Parlamento, Hung Hsiu-chu, nomeando-a sua candidata; já o principal partido da oposição, o Democrático Progressista, é liderado por Tsai Ing-wen. Embora outros candidatos devam concorrer, as duas são as opções mais fortes. Um tema que certamente é motivo de debate é a definição da complexa relação da ilha com a China. Hung já mostrou que pretende estreitar a relação com os chineses, enquanto o partido de Tsai tem um histórico de defender a soberania taiwanesa.

FONTE: Uol
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.