Últimas Notícias
recent

Dolina Milagrosa


O Brasil tem uma vasta concepção geográfica que varia do norte ao sul do país.

A Dolina Milagrosa, fica no município de Cáceres, região do Alto Pantanal de Mato Grosso. Para chegarmos até lá, saímos da Capital Cuiabá-MT até o trevo do lagarto – em Várzea Grande - região metropolitana, daí, pegamos a estrada pela rodovia BR 070, por 214 quilômetros, chegando em Cáceres, por mais 25 km na rodovia MT 343 e por fim, um pequeno trecho de chão até a propriedade onde fica a atração.

Por se encontrar numa região de muito sol, a Dolina Milagrosa se torna mais uma ótima opção turística para os amantes da natureza e os aventureiros de plantão, já que Cáceres é conhecida pelo maior campeonato de pesca do mundo em água doce, o Festival Internacional de Pesca Esportiva - FIPE.

Nos estudos da geografia, as Dolinas são conceituadas como depressões circulares em forma de funil que ocorre na superfície de terrenos calcários e/ou desmoronamentos desses próprios tipos de terrenos rochosos.

Especificamente sobre a Dolina Milagrosa, até hoje não se sabe a sua dimensão exata; os relatos dão conta que 180 metros de profundidade são conhecidos, contudo, os donos aguardam mais estudos pelos órgãos governamentais.

Alguns chegam a apostar que a Dolina se formou após a queda de um meteoro na terra há milhares de anos, formando-a como vemos hoje.

A Dolina causa um furor de sensações tamanha a magnitude formada pela natureza ao longo do tempo. De um azul anil, ao bater os primeiros raios solares é possível ver claramente as formas rochosas e os peixinhos a nadar sob a água.

Mas, para isso, é preciso encarar o que chamamos de “um pedido de permissão” à natureza: são 1,5 km de caminhada por uma trilha em meio ao cerrado, descer uma escadaria com mais de 100 degraus e, ao fim, um segmento com o apoio somente com uma corda e “Voilà” desfrute dessa maravilha seja contemplando-a, flutuando ou até mesmo mergulhando.

OBS: a propriedade funciona como pousada e também como day-use. As refeições são servidas no local.

AUTORA: Mariana Leal, é advogada e tem um projeto de ser aventureira
João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.