Últimas Notícias
recent

Conheça todas as pessoas reais que deram origem aos personagens da série Mindhunter



Mindhunter, nova série de David Fincherpara a Netflix, vem ganhando muitos elogios do público e da crítica por sua retratação incrível de fatos reais ocorridos relacionados a psicopatas.

Os episódios focam na rotina de Douglas (Groff), um agente do FBI que criou uma inovadora técnica para traçar perfis sociais de criminosos e, portanto, encontrar assassinos em série para a Agência.

Muitos criminosos reais são retratados na série, assim como os próprios personagens protagonistas. E para te ajudar, separamos uma lista com todas as pessoas reais que são retratadas na série.

Jonathan Groff (Glee, Looking) protagoniza a atração, baseada no livro “Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit”, da dupla John Douglas e Mark Olshaker.

Fincher assina a produção executiva da série ao lado da atriz Charlize Theron, que detém os direitos de adaptação do livro. O cineasta também dirige o episódio piloto.

John Douglas | Ele é o agente que dá origem ao personagem Holden, interpretado por Jonathan Groff. Ele é um dos mais importantes agentes na história do FBI e até personagens de filmes como Hannibal foram inspirados por ele.



Robert K Ressler | Robert deu origem a Bill Tench, um ex-veterano do FBI. Apesar da diferença dele para John ser de 8 anos, os atores têm 22 anos de diferença na série.



Ann Wolbert Burgess | Conhecida na série como Wendy Carr, ela é literalmente uma lenda viva no mundo da assistência a vítimas que sofreram de abusos e traumas relacionados a crimes.



Ed Kemper | Uma retratação extremamente elogiada do ator Cameron Britton de um dos psicopatas mais inteligentes de sua época, que chegou a auxiliar o FBI em suas investigações e empreitadas. Ele matou a sangue frio sua própria mãe e diversas amigas dela.



Monte Rissell | Outro notório assassino interpretado com mastreia, estuprou e assassinou cerca de seis mulheres.



Dennis Rader | Conhecido como o assassino "BTK", ele ficou por três décadas cometendo assassinatos e deixando as marcas "BTK" em todas as cenas de crime, instigando a polícia.



Jerome Brudos | Necrófilo e fetichista, matou meia dúzia de mulheres em Oregon e as estuprou depois. A atuação de Happy Anderson também foi bastante elogiada.



Richard Speck | Ele não era considerado um assassino em série, mas foi condenado por torturar e matar nove jovens em 1966.


João Alves

João Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.